Diversos, Ingredientes e Componentes dos cosméticos

Sem parabenos significa que é seguro?!

Numa onda recente, parece que virou moda a descrição “sem parabenos” em cosméticos convencionais.
Daí você pode dizer: “Ah que legal! Vou usar um produto que não fará mal pra minha saúde! Uhuuu!”

Peraê que a coisa não é bem assim… se você não sabe que mal eles fazem aqui no blog tem um post, parabenos são conservantes.  No mercado, conservantes são usados para aumentar a vida de prateleira do produto, em 2 , 3 , 5 anos.
(e quem precisa que o cosmético dure ad infinitum?! Compre só aquilo que vai usar, consuma até o final , em menos de 1 ano acabou!)
Só que se saem os parabenos, entram outros no lugar e se quer saber são piores do que eles!

Primeiro falemos dos parabenos:

São conservantes, evitam o crescimento de micróbios . Podem causar reações alérgicas. Estudos mostram que podem ser absorvidos pela pele e é um dos componentes mais comuns nos cosméticos embora sejam tóxicos. Também foram encontrados alguns tipos de parabenos em tecidos cancerosos, suspeita-se que podem causar câncer.
Tem scores 3 a 7 no EWG que é o banco de dados que classifica a segurança dos cosméticos, vide aqui
Ah sim, se você está chegando agora e não sabe como funciona o EWG, tem este post aqui, numa explicação rápidas notas verdes são seguras, laranjas use com cautela e vermelhas corram!

Produtos sem parabenos com extratos orgânicos
Falemos da recém chegada Korres que de fato usa bastante extratos orgânicos e naturais, que funcionam, já usei e gostava. E sem parabenos – AHHHHHHHHHHHH! Pode pedir pra revendedora da Avon a revistinha da Koress?!
(sim quem está fabricando os produtos no Brasil é a Avon… quer dar seu dinheiro pra uma empresa que testa em animais?!)Calma aí… veja a fórmula – este aqui é o relatório do produto no EWG, :

Analisemos a fórmula, antes é bom que se diga que ingredientes no começo da fórmula tem em maior quantidade e no final menor.

– Lauril sulfato de sódio: já falei aqui no blog, é a odiosa espuma branca que acumula lá no rio Tietê, aquilo polui, sequestra o oxigênio da água, mata peixes, resseca tua pele e cabelos, pode dar alergia e caspa – primeiro motivo pra não usar
Tem nota laranja no EWG com score 3, vide aqui

– Fragância
: é o perfume sintético,  pode ter até 4000 ingredientes. Não há como saber quais são estes químicos, já que no rótulo diz simplesmente “fragrância”. E estes podem causar problemas como dores de cabeça, problemas de pele, respiratórios, vômitos e um sem número de disfunções.
Tem nota vermelha no EWG com score 8 aqui e não tem pouco na fórmula, veja que está na segunda linha.

– Imidazolidinyl uréia: Conservante usado no lugar do parabeno. Uma das principais causas de dermatite de contato.Não é um fungicida eficaz, assim precisa ser combinado com outro conservante como os parabenos, como nessa fórmula não tem usaram o sorbato de potássio. Para piorar tudo, libera formaldeído, que já sabemos que pode ser tóxico.
Tem score laranja no EWG com nota 6, aqui

Quer dizer, Korres não serve para quem evita sintéticos nocivos, não quer poluir ecossistemas aquáticos como rios e mares.
As fórmulas de outros produtos você pode ver na Sephora gringa, clica aqui

+Acesse: Saiba quais são as marcas de cosméticos orgânicos e 100% naturais

Não tem parabenos mas tem DMDM hydantoin!

Outro conservante que usam em substituição dos parabenos é este  que libera formaldeído, potencial cancerigêno conhecido. Há risco de alergia de contato, e há estudos ligando o formol ao risco de leucemia.
Tem score vermelho no EWG com nota 7, aqui
E pode ser combinado com Imidazolidinyl uréia, como é o caso dos lançamentos da Yamá, na Beauty Fair dois produtos destinados pra quem faz a técnica no/low poo. A composição é 0% sulfatos, corantes, silicones, parabenos e sal.
Não tenho fotos, pois a marca só mandou para blogueiras e não tem o release oficial e foto para imprensa.
(não é legal roubar foto de blog alheio né…)

Mais uma vez pode dar confusão porque tem muita gente do no/low poo que usa produtos orgânicos – mas a Yamá nunca disse que era um produto 100% natural, o que dá esperança de uso são os termos ‘sem’.
E será que a consumidora orgânica pode se jogar na perfumaria?! Vejamos:

 

Temos a fragãncia que já foi dito acima, o Imidazolidinyl uréia.
Outro péssimo é methylchloroisothiazolinone/ methylisothiazolinone que é um outro conservante
pode dar alergias e é poluente ambiental, com nota 6 no EWG aqui.
Não tem o poluente sulfato mas não significa que você pode se jogar, devido aos outros conservantes.
O relatório geral do EWG para este produto está aquiEntão, se você pular de alegria ao ver o termo sem parabenos, presta atenção nestes outros conservantes que são tão ruins e até piores que os parabenos, combinado?!
Pra não ter dúvidas:
– Imidazolidinyl uréia
– DMDM hydantoin– methylchloroisothiazolinone/ methylisothiazolinone
Tecnicamente estes conservantes são usados numa dosagem mínima: até 0,4% , mas suficiente pra causar alergias e dermatites, os grandes responsáveis para as mulheres procurarem alternativas nos cosméticos orgânicos.
Então, será mesmo que eles são tão seguros como a Anvisa ou FDA alegam?!

E se você quer saber quais outros ingredientes nos cosméticos fazem mal a tua saúde, clica aqui

Licença Creative Commons
Este texto está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Dê os créditos, referencie da forma correta! Cópia integral é plágio.

Exemplo de créditos: Projeto Beleza Saudável, Yumi. Link do post: